Para muitas pessoas SUSTENTABILIDADE é um conceito associado única e exclusivamente ao MEIO AMBIENTE e à ECOLOGIA.

É um entendimento equivocado.

A sustentabilidade também se apresenta sob o aspecto social. Trata-se da capacidade que a sociedade tem de transformar os recursos naturais e os bens e serviços que produzimos em melhoria da qualidade de vida das pessoas, reduzindo ou eliminando as desigualdades sociais e econômicas, através do acesso à educação, cidadania, saúde, cultura, esporte e saneamento básico, por exemplo. Em outras palavras: se temos uma sociedade doente e injusta, mais cedo ou mais tarde, todos viveremos os inúmeros prejuízos decorrentes disso – donde a razão de se falar em sustentabilidade sob a sua dimensão social.

Vamos lembrar que um importante tópico dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, documento elaborado pela ONU em 2.010, é exatamente “ODS 3.5 – Reforçar a prevenção e o tratamento do abuso de substâncias, incluindo o abuso de drogas entorpecentes e uso nocivo do álcool